A conexão entre tutores e pets ganhou ainda mais força no último ano, isso porque a pandemia abriu oportunidades para as pessoas se aproximarem de cães e gatos, principalmente, através da adoção. Segundo a União Internacional Protetora dos Animais (UIPA), nos três primeiros meses da pandemia, a procura por um animal aumentou 400% e o número de retirados de abrigos, 200%. Por isso, com o intuito de conscientizar sobre a prática, a médica-veterinária, Auristela de Medeiros esteve presente no Saúde Master, da TV Master, na Paraíba e deu algumas dicas importantes para quem pretende adotar ou já adotou um felino.

“Ter um animal é sinônimo de felicidade, mas é preciso lembrar que a chegada deles traz também grandes responsabilidades, como cuidados com a saúde, que farão parte da rotina do novo tutor. Por isso, é interessante reforçar a importância e a dedicação de quem adotou um animal, principalmente com alguma sequela, seja de nascença ou adquirida ao longo da vida do pet”, declara a médica-veterinária Auristela de Madeireiros.
Para conferir o programa completo, ele está disponível no Youtube. Acesse ao link: https://youtu.be/N85kX1YYQ6E

Saúde em primeiro lugar

Semelhantes aos cuidados com a saúde dos humanos, a atenção à saúde de cães e gatos também é essencial e, para isso, é preciso estar atento, por exemplo, às vacinas, utilização de antipulgas e anticarrapatos, e doenças regionais. Além disso, é essencial que sejam realizadas visitas periódicas à clínica veterinária, para que um profissional possa recomendar os melhores cuidados e ficar de olho em possíveis doenças do pet.

Vale lembrar que, cuidando do animal, o tutor garante bem-estar e qualidade de vida também para toda a família.