Foram apresentadas demandas acerca do atendimento e destinação de animais silvestres resgatados pelo Batalhão de Polícia Ambiental da Paraíba (BPAmb)

Na última segunda-feira (25), o presidente da Comissão de Animais Silvestres e Meio Ambiente do Conselho Regional de Medicina Veterinária da Paraíba (CRMV-PB), med.vet. Glenison Dias, esteve reunido, na sede do Conselho, com a deputada estadual Pollyana Dutra (PSB). 

Durante a reunião, o med.vet. Glenison ressaltou a importância da criação de um plano coordenado para o atendimento de animais resgatados. Pautas essas que foram discutidas anteriormente com outros órgãos como a Secretaria do Meio Ambiente (Semam) e o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) ao qual buscam encontrar uma solução para destinação de animais resgatados durante à noite e finais de semana que precisam ficar dentro das instalações não adequadas do Batalhão Ambiental do estado. 

Para o presidente da Comissão do CRMV-PB é necessário tratar isso de forma urgente e ir cercando-se de que todas as falhas possam ser cobertas para se terem resgates, triagens, acompanhamento e posteriormente, uma soltura de forma correta. “É necessário implantar um protocolo na Paraíba, para que cada órgão possa atuar de maneira efetiva, visando o bem-estar e a saúde do animal. O suporte aos animais silvestres oriundos do tráfico e apreensão começa com o recolhimento do animal, passando pela identificação, tratamento e reabilitação, para culminar em uma soltura correta.”, finalizou Dias.

Durante o encontro, a deputada, que também é médica-veterinária, demonstrou preocupação com as demandas apresentadas e sugeriu direcionamentos a serem seguidos junto a Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados, a qual é presidente, além de se dispor a iniciar novos diálogos com colegas parlamentares para garantir a efetivação das solicitações de melhoria com relação a um segundo médico-veterinário para o Cetas, como também melhoria nas instalações para um resgate mais efetivo realizado pelo Batalhão Ambiental, entre outras.