O curso que tem duração de dois dias e conta com palestrantes paraibanos e cearense, faz parte do mês de comemorações ao Dia do Médico-Veterinário e trouxe como mote principal a responsabilidade do médico-veterinário no desempenho de atividades de responsável técnico, dando ênfase à vaquejada, que é um esporte em constante expansão e reconhecido pela sua tradicionalidade no Nordeste brasileiro.

O coordenador do setor de fiscalização do CRMV Paraíba, na sequência, o M.V. Andreey Teles, abriu as atividades e explicou acerca dos aspectos gerais da responsabilidade técnica, trazendo aos participantes uma visão do que a legislação exige e do compromisso que cada um deve ter a partir do momento em que se dispõe a colaborar como RT. Além de alertar os profissionais para que estejam sempre atentos a situações comumente visualizadas no dia-a-dia, ressaltando a importância de evitá-las, de modo que não se caracterize infração ética, muito menos noutras esferas como a cível, penal e criminal.

Para Teles, o curso de RT com ênfase em esportes equestres é um diferencial importante, “haja vista o constante crescimento desse tipo de esporte na região onde estamos inseridos e, principalmente por se constituir um aspecto cultural cada vez mais valorizado e procurado por profissionais médicos veterinários e zootecnistas”, conclui.

O segundo palestrante da noite, o M.V Dr. Leopoldo Mayer, docente com ampla experiência na área de equinos e, particularmente, da vaquejada, trouxe uma apresentação bastante dedicada ao dia-a-dia dos esportes equestres, questões de bem-estar, movimentação econômica da cadeia produtiva do cavalo, dentre outras.

Para finalizar o mês de comemorações ao Dia do Médico-Veterinário, a última palestra, que se realizará dia 30 de setembro, será disponibilizada pela plataforma online e abordará o assunto “A Atuação do Médico-Veterinário Como Perito Judicial e Criminal” com o M.V Dr. Daniel Viana (CE).