Membros do CRMV-PB participaram na tarde de hoje (01) de reunião com o delegado Canrobert da delegacia de crimes ambientais. Com o objetivo de estreitar laços, o encontro também serviu para conhecer o trabalho da delegacia, mostrando que onde tem maus-tratos se faz necessário o trabalho de um perito médico-veterinário.

Na ocasião, a presidente do CRMV-PB, Valéria Cavalcanti, ressaltou que “Nosso objetivo é capacitar o médico-veterinário para que possa ser inserido nessa área, que cresce cada vez mais no Brasil e sensibilizar os gestores da importância e necessidade do profissional junto aos órgãos que trabalham com todos os tipos de crime ambientais”, concluiu. Para o delegado Canrobert a importância da presença do médico-veterinário na realização do parecer técnico relacionado a casos animal é fundamental para a integridade de todos.

Também estiveram presentes na reunião, os representantes do Regional, o coordenador da fiscalização méd. vet. Andreey Teles e o fiscal Pedro Marcelino.