Para evitar recorrências, clínicas veterinárias, consultórios, farmácias, pet shop e afins de todo Estado são fiscalizados pelos agentes do CRMV-PB rotineiramente.

Foram, pelo menos, três estabelecimentos inspecionados no mês de agosto de 2021 nos quais a equipe de fiscalização encontrou medicamentos vencidos, disponíveis para uso no consultório/ambulatório, além de vacinas acondicionadas de forma inadequada.

No momento do flagrante, os fiscais registraram os fatos em um auto de infração, orientaram a remoção imediata dos fármacos e alertaram os responsáveis que o uso de medicamentos com data de validade ultrapassada se constitui um erro gravíssimo, o qual pode resultar em multa por parte de outros órgãos fiscalizadores, além de sanções mais incisivas conforme o desfecho de situações que possam surgir em virtude do seu uso.

Vale ressaltar que o consumidor deve estar sempre atento a esses detalhes, uma vez que um medicamento vencido ou uma vacina mal acondicionada, quando utilizados, passa a não atender à finalidade a que se destina, perdendo a eficácia, a eficiência e a garantia de qualidade do fabricante, podendo até causar danos, muitas vezes irreparáveis, aos animais.

O que deve ser feito?

Caso o consumidor se depare com situações como essa, pode realizar uma denúncia junto ao CRMV-PB, pelo e-mail coordenacaofiscalizacao@crmvpb.org.br. É importante enviar a comprovação do fato, nome do estabelecimento, data, horário, nome do profissional e outras informações que possam dar consistência ao relato.

O CRMV-PB esclarece à população que os profissionais responsáveis pelos estabelecimentos nos quais foram flagrados medicamentos com data de validade ultrapassada e vacinas mal acondicionadas terão seus nomes encaminhados ao corpo de conselheiros da autarquia.