O CRMV-PB alerta para a importância dos exames preventivos em animais.

Durante o mês de novembro é realizada a campanha para incentivar a realização dos exames preventivos e o diagnostico precoce do câncer de próstata. O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Paraíba (CRMV-PB) alerta que esse tipo de câncer também pode acometer animais e aconselha aos tutores sobre a importância dos animais machos realizarem exames preventivos.

O Câncer de próstata não é tão frequente em cães e gatos, diferente do homem, porém uma condição chamada hiperplasia prostática benigna, pode acometer os animais levando a inúmeros problemas de saúde. A próstata faz parte do sistema reprodutor e por ficar próxima à uretra, o câncer pode comprometer órgãos vizinhos e impedir a passagem da urina ou dificultar o animal a defecar. Os animais com alguma das doenças da próstata podem apresentar sintomas como febre, dor abdominal, corrimento uretral, esforço para urinar, andar enrijecido e dor quando há palpação retal.

A prevenção ajuda no diagnóstico precoce e com mais chances de sucesso ao realizar o tratamento. É importante levar regularmente o pet ao médico veterinário e realizar exames preventivos, como o exame do toque ou por ultrassonografia prostática. O método de prevenir doenças da próstata considerado mais efetivo é a castração do animal, principalmente, se realizada antes da puberdade para evitar a maturação da glândula e de todo o aparelho reprodutor.

O méd. vet. Geovanny Romano explica porque a castração precoce é importante “quando castrados antes de iniciarem a puberdade, existe pouca possibilidade de desenvolvimento do tecido prostático, resultando assim, em possibilidades quase nulas de causar alterações na próstata, como a hiperplasia prostática benigna, a prostatite ou outros tumores que possam acometer a glândula”, informa e ressalta “Neste novembro azul pet cabe reforçar sempre que castrar é um ato de amor”, finaliza Romano.