Investigação começou após denúncias realizadas por clientes. Eles alegavam que os produtos causavam graves problemas de saúde em cães e gatos e que alguns morreram

A Polícia Civil de Resende (RJ) realizou, na quarta-feira (29), uma operação contra a falsificação de medicamentos para cães e gatos. Em uma distribuidora, alvo da ação, foram apreendidos milhares de medicamentos veterinários e antiparasitários ilegais.

A Polícia Civil afirmou que durante as investigações foi verificado que os produtos não tinham registros junto aos órgãos competentes.

Além disso, as embalagens eram registradas com patentes de grandes laboratórios e as informações sobre a origem e responsáveis técnicos eram falsas. Durante a manipulação dos medicamentos, foi constatada baixa qualidade e falta de higiene básica.

De acordo com a Polícia Civil, a investigação teve início após denúncias realizadas por clientes à Associação Brasileira de Combate à Falsificação (ABCF). Eles alegavam que os medicamentos ocasionaram graves problemas de saúde em cães e gatos e, em alguns casos, os animais morreram.

Ainda segundo a polícia, a investigação continua “para reprimir a fonte produtora dos medicamentos veterinários ilegais”.

Fonte: Por g1 Sul do Rio e Costa Verde